Agora: Lyanco recusou oferta de milhões para jogar no Atlético

Na terça-feira (9), o zagueiro Lyanco foi oficialmente apresentado como o novo reforço do Atlético. O clube concordou em pagar ao Southampton, da Inglaterra, um total de R$ 18 milhões, de forma parcelada, pela aquisição de 50% dos direitos econômicos do defensor – além disso, há cláusulas contratuais que preveem a compra de mais 25% dos direitos por R$ 9 milhões, caso certas metas sejam alcançadas.

O jogador assinou contrato com o Galo até dezembro de 2028, onde vestirá a camisa de número 2. Durante sua apresentação, ele expressou sua felicidade pelo acordo com o clube, mencionando que recebeu propostas do futebol inglês, mas nunca considerou desrespeitar o compromisso assumido com o Alvinegro.

“Eu tinha oferta para continuar onde eu estava, para retornar para a Inglaterra onde eu tinha contrato. Surgiram clubes brasileiros, como em toda janela. Mas eu já tinha minha palavra com o Galo e em momento nenhum em pensei em trocar, não só por querer viver aquilo que eu havia apalavrado, mas também pela sensação e sabedoria do projeto”, disse Lyanco.

Como Lyanco deve atuar?

No Atlético, o técnico Gabriel Milito vem adotando uma formação com três zagueiros, e com isso, Lyanco competirá por posição com jogadores como Renzo Saravia, Bruno Fuchs e Rodrigo Battaglia, que são considerados titulares na equipe. Rômulo, Igor Rabello e Maurício Lemos, por sua vez, aparecem como opções mais frequentes no banco de reservas.

É provável que o defensor dispute principalmente a posição ocupada pelo lateral, atuando como zagueiro pela direita. O volante argentino geralmente joga pelo centro da defesa, enquanto o brasileiro tende a ocupar o lado esquerdo.

Outro jogador que se integrará ao setor defensivo do Galo é o paraguaio Junior Alonso, que já está em Belo Horizonte e deve ser oficialmente anunciado pelo clube em breve. Sendo canhoto, ele deverá ser utilizado principalmente como zagueiro pelo lado esquerdo da defesa.

Comentários estão fechados.

n