Alan Kardec briga com Vargas no Atlético-MG e clima esquenta

Neste sábado (16), Atlético-MG e Botafogo se enfrentam em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando na Arena MRV, às 21h (Horário de Brasília), o Galo quebra a cabeça para buscar vencer o líder da competição e segundo melhor visitante. Em resumo, Felipão não terá Hulk, suspenso por ter recebido o terceiro amarelo e enxerga entre Alan Kardec e Eduardo Vargas um possível substituto.

Ocupando a 9ª colocação da Série A com 31 pontos, o alvinegro mineiro vai precisar reagir se quiser uma vaga na Conmebol Libertadores de 2024. Sem seu principal jogador, o Atlético-MG terá que brigar para faturar os três pontos diante do Botafogo. No entanto a luta não é presente apenas dentro de campo, como nos treinos também.

A princípio, Felipão não constuma repetir os 11 jogadores na titularidade em todos os jogos, mas é certo que o comandante possui seus jogadores de confiança. Nesse ínterim, a peça principal e artilheiro do elenco, Hulk, vê seu lugar sendo cobiçado por Alan Kardec e Eduardo Vargas.

Oscilando na temporada os dois nomes não desempenham as mesmas função que o atacante, mas vão ter a oportunidade de mostrar serviço dentro das quatro linhas. Enquanto Kardec participou de apenas nove jogos no ano e marcou um gol, Vargas esteve em campo 31 vezes, estufou as redes adversárias três vezes e colaborou com uma assistência.

Retrospecto positivo do Atlético-MG

Sobretudo, nos últimos dez confrontos entre Atlético-MG e Botafogo em Belo Horizonte, os donos da casa levaram a melhor. Em resumo, foram sete vitórias em favor do Galo, dois empates e uma única vitória dos cariocas. No mais, o time de Felipão marocu 16 gols e viu sua defesa ser vazada em apenas oito oportunidades.

Vale ressaltar, que a última vitória do Botafogo como visitante em cima do Atlético-MG, ocorreu no dia 07 de novembro de 2022. Na ocasião, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, Victor Sá e Tiquinho Soares marcaram os gols que garantiram o triunfo do Glorioso por 2 a 0, no Mineirão.

Comentários estão fechados.

n