Alonso e Galo estão preparados para partida decisiva na Libertadores 2022

O Atlético enfrenta o Independiente Del Valle hoje (26) pela teceria rodada da fase de grupos do Grupo D da Copa Libertadores. O Galo é primeiro colocado com 7 pontos e tenta se recuperar de um empate em 1×1 com o América-MG em casa, na segunda rodada.

Embora o clube nunca tenha vencido nenhuma partida no Equador ao longo de sua história (3J/3D), não é nenhuma novidade para o clube jogar fora de casa pela competição, são 52 jogos longe de Belo Horizonte com 16 vitórias, 15 empates e 21 derrotas. Em entrevista coletiva o zagueiro Júnior Alonso falou sobre o que esperar sobre o confronto com o Del Valle:

“Nós achamos que eles, jogando em casa, vão ser um time ofensivo, um time muito competitivo. Sabemos da qualidade deles. Eles têm um jogo muito importante de posse de bola, transição rápida, jogando, muitas vezes, no ataque com cinco ou seis jogadores. Então já sabemos como eles jogam e a gente vai tratar de fazer o maior esforço para aproveitar o espaço que eles deixarem para nós.”

Alonso abre o jogo sobre futuro no Galo

Apenas 66 dias após deixar o Atlético, o zagueiro Júnior Alonso retornou à Cidade do Galo. Negociado em janeiro com o Krasnodar por R$50 milhões, o paraguaio se viu livre no mercado após ter seu contrato suspenso por conta da guerra entre Rússia e Ucrânia. O Galo acertou a contratação por empréstimo até o fim do ano. Em entrevista coletiva o Paraguaio falou sobre seu futuro no clube:

“Meu contrato com o Atlético é até 31 de dezembro, vai depender das situações da Rússia, da guerra, do lado econômico que tá acontecendo lá. Não depende de mim e sim  de muitos fatores. Hoje meu pensamento está aqui no Atlético, vou fazer um grande trabalho durante todo esse ano e depois a gente vai falar sobre isso.”

Comentários estão fechados.

n