Arana lamenta lesão em chegada à Seleção Brasileira

Uma das principais peças do Atlético-MG está de volta à Seleção Brasileira. Guilherme Arana foi convocado por Fernando Diniz no final de setembro para os próximos confrontos do Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. Ao se apresentar aos seus novos companheiros, o lateral-esquerdo lamentou sua lesão.

Cotado para vestir a camisa da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar, em 2022, Guilherme Arana acabou tendo suas chances anuladas após sofrer uma entorse no joelho em setembro. Como consequência do problema físico, o jogador retornou aos gramados apenas em junho de 2023, diante do Alianza Lima, pela Libertadores da América.

Visivelmente emocionado ao chegar para se juntar à delegação, Arana falou um pouco sobre o pior momento em que passou durante sua carreira como jogador profissional. Além disso, o defensor fez questão de comentar sobre as expectativas com a camisa canarinha, bem como seu desejo em poder ajudar dentro de campo.

“Sem dúvidas, é inevitável não falar da lesão. Foi o pior momento como profissional da minha carreira, mas já é página virada. Estou feliz de estar aqui novamente, é uma outra oportunidade, com outra comissão. Venho aqui para ajudar a equipe e manter a regularidade que o pessoal que já passou por aqui deixou”.

– Guilerme Arana em sua apresentação

Arana nos últimos anos

Mesmo voltanto aos poucos, Guilherme Arana é peça fundamental no plantel de Felipão. Desde que chegou ao Galo, em 2020, o atleta possui em sua conta 159 jogos, 14 gols marcados e 25 assistências. No mais, foi importante nos títulos do Campeonato Brasileiro (2021), Copa do Brasil (2021) e Supercopa do Brasil (2022). Confira os números do atleta com o manto do Atlético-MG.

  • 2020 – 48 jogos, 6 gols e 9 assistências
  • 2021 – 49 jogos, 5 gols e 7 assistências
  • 2022 – 42 jogos, 3 gols e 8 assistências
  • 2023 – 20 jogos e uma assistência
  • Total até o momento – 159 jogos (153 titular), 14 gols e 25 assistências

Comentários estão fechados.

n