Arana rasgou o verbo sobre Felipão após derrota do Galo para o Cruzeiro

O revés por 2 a 0 contra o Cruzeiro, no último sábado (3), deixou o ambiente do Galo bastante abalado. A derrota na Arena MRV, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, gerou uma sensação de frustração e descontentamento entre os torcedores e os próprios jogadores, e esse resultado foi ainda mais doloroso por ser a segunda derrota consecutiva em casa para o rival.

Após o jogo, o lateral-esquerdo Guilherme Arana expressou sua frustração com o resultado, classificando-o como “vergonhoso” e destacou a necessidade de uma postura diferente por parte da equipe, e alguns interpretaram suas palavras como uma crítica indireta a Felipão. No entanto, em entrevista nesta última terça-feira (5), o camisa 13 afirmou que nunca se opôs ao trabalho do experiente treinador.

“(…) Claro que terminamos muito bem no ano passado, e a expectativa é que voltássemos voando, até por compreender as ideias que ele tem. Mas é de nós jogadores mesmo. Temos que mudar um pouco nossa postura, assim como já conversamos. Até como eu falei após o clássico, quando foi feita uma pergunta distorcida para ele, como se eu estivesse questionando a forma que o professor jogava e não, era mais uma cobrança entre o grupo mesmo”, disse Arana.

A derrota do Galo

O Galo acabou perdendo por 2 a 0 para o Cruzeiro, com os gols vindo já no final da partida, marcados por Zé Ivaldo e João Pedro. A Raposa demonstrou paciência para lidar com as dificuldades e a pressão exercida pelo Alvinegro, garantindo a vitória.

O primeiro gol celeste foi fruto de uma desatenção defensiva do Atlético. Enquanto o segundo tento ilustrou a estratégia do Cruzeiro no clássico: o contra-ataque.

Comentários estão fechados.

n