Atlético chega com um caminhão de dinheiro e ‘acerta’ com sonho do Botafogo

O Atlético está perto de finalizar a contratação de Lyanco, zagueiro com dupla nacionalidade sérvia-brasileira que jogou na última temporada pelo Al-Gharafa, do Catar. O Botafogo tentou entrar na disputa nos últimos momentos da negociação, mas o jogador e seu pai e empresário, Marcelo Vojnović, que visitou a Cidade do Galo duas vezes para conhecer a estrutura de treinamento, decidiram manter o compromisso com o Alvinegro de Minas Gerais.

A informação foi inicialmente divulgada por Fabrizio Romano, renomado jornalista italiano especializado em transferências de futebol. Para garantir a assinatura do defensor até o final de 2028, o Atlético precisará desembolsar entre € 4,5 milhões (aproximadamente R$ 26,5 milhões) e € 5 milhões (cerca de R$ 29,5 milhões) ao Southampton, clube inglês detentor dos direitos do atleta.

Formado nas categorias de base do São Paulo, Lyanco transferiu-se para o Torino, na Itália, em 2017, antes de uma breve passagem pelo Bologna em 2019. Em 2023, mudou-se para o time britânico, onde permaneceu até o meio do ano, quando foi emprestado ao Gharafa no Catar.

Em 16 jogos pelo clube catari, marcou dois gols e deu uma assistência. O zagueiro também representou as seleções de base da Sérvia e do Brasil, sendo capitão na conquista do Torneio de Toulon com a Seleção Brasileira em 2019, ao lado de Bruno Fuchs, Pedrinho e Paulinho.

Atlético “on” no mercado

Junto com Lyanco, o Atlético já finalizou acordos para contratar o zagueiro Junior Alonso, que joga no Krasnodar, da Rússia, e o meio-campista Fausto Vera, do Corinthians. Além deles, o clube já anunciou e apresentou o meia-atacante Bernard.

Vale lembrar que todos só irão poder entrar em campo a partir do dia 10 de julho. Isso é quando a janela de transferências no Brasil será aberta. 

Comentários estão fechados.

n