Atlético-MG contrata artilheiro da Libertadores

O Atlético-MG sofre uma crise financeira daquelas com dívidas na casa de R$ 1,7 bilhão, porém, soube atacar o mercado de transferências na transição da última temporada para a atual. Além de acertar a contratação do Eduardo Coudet, buscou peças que se mostraram fundamentais na Copa Libertadores. O criticado Igor Gomes, por exemplo, balançou as redes duas vezes na primeira vitória na Fase de Grupos contra o Allianza Lima, do Peru, por 2 a 0 na Arena Independência.

Os gols não colocaram o meio-campista entre os titulares nos duelos mais importantes seguintes, contra o Corinthians, pelas Oitavas de Final da Copa do Brasil, e diante do Athletico, na quarta rodada da competição continental. Só que Chacho recebeu outro reforço de peso na busca pelo bicampeonato. Um jovem jogador ex-Bayer Leverkusen.

Artilharia da Liberta

Paulinho voltou ao Brasil cedo, apesar da grande promessa ao deixar o país rumo à Europa. Até por isso, havia desconfiança em torno da cria das categorias de base do Vasco, mas não demorou para a torcida perceber que estava errada. Em 26 jogos com o manto do Atlético-MG, jovem de 22 anos marcou 13 vezes.

Só na Libertadores, com a soma das quatro partidas na Pré Libertadores, Paulinho soma sete. Número que o coloca na artilharia da competição e dá vida nova ao Galo dentro do Grupo G. Agora, são seis pontos. Apenas um atrás do líder Athletico, dois à frente do Allianza Lima – um duelo a menos – e três acima do Libertad, do Paraguai – também um duelo a menos.

Rumo ao Bi

O empate contra o Athletico parecia praticamente certo no Mineirão na noite de terça-feira. Os visitantes abriram o placar com Alex Santana, já na segunda etapa, e Paulinho empatou ao Atlético-MG para colocar fogo no Gigante da Pampulha. Os próprios jogadores passaram a se exaltar. O melhor estava por vir.

Igor Gomes cobrou falta na área e o atacante de 22 anos desviou. 2 a 1, três pontos e vice-liderança no Grupo G. O Galo depende apenas de si nas últimas duas rodadas da Copa Libertadores para avançar às Oitavas de Final da Copa Libertadores.

Comentários estão fechados.

n