Atlético-MG surpreende e toma bela atitude com torcedor

Quando a fase é boa… Tudo é diferente. O Atlético-MG passou por mais percalços do que se imaginava nestes primeiros seis meses de temporada, mas parece estar no caminho certo ultimamente. As três vitórias consecutivas no Brasileirão e Copa do Brasil trouxeram paz à diretoria, Eduardo Coudet e jogadores, alvos de críticas pela massa atleticana.

Tanto é verdade que o dirigente de futebol Rodrigo Caetano e Cássio Arreguy, Gerente de Comunicação do Atlético-MG, encontraram tempo para tomar uma atitude muito legal na chegada do elenco a Curitiba, na noite de sexta-feira. O Galo enfrenta o Coritiba, neste sábado, a partir das 18h30, dentro do Couto Pereira, pela sétima rodada do Brasileirão.

Bela atitude

Um jovem garotinho da cidade de Curitiba, mal-acostumado com a presença de grandes elencos como o do Atlético-MG na região, apareceu em frente ao hotel do Galo em busca de uma missão: conseguir o autógrafo do ídolo e craque da camisa 7 Hulk. A barreira, porém, eram os seguranças.

Aliás, no final de uma sexta-feira, de olho em um confronto do Brasileirão, poucos jogadores teriam paciência para atender aos fãs. Dito e feito. O garotinho ficou sem a assinatura de Hulk e chorou pelo insucesso. Nada que poderia ser contornado pela equipe do Atlético-MG.

Rodrigo Caetano e Cássio Arreguy, quando souberam do ocorrido, permitiram a passagem do torcedor-mirim para conquistar a atenção do ídolo atleticano. Hulk, como grande pessoa que é, correspondeu ao pedido e fez a alegria de mais uma criança na extensa carreira.

Confira como foi:

Será o maior ídolo?

As reações da torcida do Atlético-MG nos comentários da publicação nas redes sociais só deixaram ainda mais claro o poder de Hulk. Líder nas quatros linhas, humilde fora, o atacante crava o nome na história do Galo a cada semana, dia, mês e ano em que veste o manto do Maior de Minas.

Comentários estão fechados.

n