Atlético-MG tem grande problema para a próxima partida na Libertadores 2022

O Atlético-MG enfrenta o Independiente Del Valle hoje (26) pela teceria rodada da fase de grupos do Grupo D da Copa Libertadores. O Galo é primeiro colocado com 7 pontos e tenta se recuperar de um empate em 1×1 com o América-MG em casa, na segunda rodada.

Além do desfalque de Jefferson Savarino, que não viajou para o Equador por conta de problemas diplomáticos da Venezuela com o país, o Galo terá também que se preocupar com a altitude. O Estádio Banco de Guayaquil, na região metropolitana de Quito, fica a 2500 metros de altitude.

Outro ponto importante a ser observado é que o Atlético nunca sequer empatou nenhuma partida no Equador, são 3 jogos e 3 derrotas. O primeiro jogo do Galo em Quito foi em 1992, quando o clube enfrentou o Club Deportivo El Nacional, pela semifinal da Copa Conmebol e acabou derrotado por 1×0.

Atlético retornou ao Equador em 1997 para inaugurar o Estádio Casa Blanca, contra a LDU e acabou derrotado por 3×1. Em 2016 o Galo enfrentou o mesmo Del Valle pela Libertadores e acabou derrotado por 3×2.

Atlético-MG precisa quebrar tabu no Equador para chegar a marca importante

Outra marca importante a ser alcançada pelo Alvinegro caso não saia de campo derrotado hoje, é a de 16 partidas de invencibilidade na Copa Libertadores. Igualando a sequência atingida pelo Corinthians, entre 2012 e 2013. As maiores sequências de invencibilidade da competição são de Flamengo e Sporting Crystal, que passaram 17 jogos sem derrotas.

A atual sequência do Galo de 15 jogos, é a quarta maior do torneio. Superando grandes equipes como o Newells, de Bielsa, finalista da Libertadores e o River de Gallardo, campeão em 2018, por exemplo.

Comentários estão fechados.

n