Atlético Mineiro acerta a saída de lateral

O Atlético Mineiro acertou o empréstimo de mais um jogador para a temporada. O lateral iniciou a temporada no Villa Nova, disputou o Estadual e, agora, parte para o interior de São Paulo. O jovem Sandro Perpétuo, que atuou em apenas duas partidas no Campeonato Mineiro, vestirá as cores de Oeste, de Barueri, na Copa Paulista.

O clube não se classificou para uma competição nacional sequer e, por isso, o calendário fica bastante reduzido no ano. Realidade bem diferente do que se espera de um atleta do Atlético Mineiro. Contratado em 2022 das categorias de base do Santos, Sandro Perpétuo ainda não entrou em campo com a camisa do Galo e, provavelmente, não entrará. O contrato junto ao Maior de Minas se encerra em Dezembro de 2023.

Sem sucesso

O lateral chegou ao Atlético Mineiro com 20 anos após ser o capitão do Santos na campanha que acabou com o vice-campeonato na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Quando subiu ao profissional, porém, não vingou. Foram somente cinco aparições sob o comando de Ariel Holan, em 2021.

O Galo optou por investir em uma retomada na carreira de Sandro Perpétuo e não teve sucesso. Pelo Oeste, em 2022, completou cinco confrontos, pelo Villa Nova, na atual temporada, o lateral jogou duas vezes. Ou seja, futuro parece distante dos grandes centros ao jovem lateral-direito.

Vale a pena acreditar?

Quem pode ser a grande aposta do Atlético Mineiro para a posição é Vitinho, de 17 anos. O jogador acabou de ser campeão do Sul-Americana pelo Brasil Sub-20 em cima da Argentina e como titular. Coudet até utilizou a promessa no Estadual, diante do Democrata SL, mas só.

O treinador buscou uma solução no mercado, com Renzo Saravia. O lateral argentino estava sem contrato e a diretoria não perdoou. No momento, Saravia e Mariano brigam pela titularidade, que está longe de ser uma certeza na cabeça de Chacho.

Comentários estão fechados.

n