Bombando em BH: Informação de última hora sobre Cuca ‘ferve’ no Atlético

A parceria entre Cuca e o Athletico-PR chegou a um término surpreendente e tenso, já que após o empate contra o Corinthians no último domingo (23), o treinador expressou o desejo de sair do clube, um pedido que foi aceito pelos dirigentes do Furacão. Essa decisão marca mais um capítulo de um histórico onde ele interrompe projetos por vontade própria ao longo de sua carreira, como por exemplo no Atlético, em duas oportunidades.

Em 2013, logo após conquistar a Copa Libertadores, o técnico foi convidado para se juntar ao futebol chinês e decidiu não continuar no Galo. O Shandong Luneng anunciou publicamente o acordo durante a realização do Mundial de Clubes naquela temporada.

Já em 2021, após vencer o Campeonato Mineiro, Brasileiro e Copa do Brasil, Cuca comunicou ao Atlético que não ficaria, citando questões familiares como motivo para sua decisão. Ele até chegou a voltar no segundo semestre de 2022, mas a passagem terminou de forma frustrante.

Cuca se explica

Cuca encerrou sua passagem pelo Athletico-PR nesta última segunda-feira (24). Em declarações à imprensa, ele explicou que sua decisão foi motivada por derrotas difíceis de lidar e expressou que ofereceu à diretoria do Furacão a oportunidade de trazer “sangue novo” para liderar a equipe.

“O treinador tem que assumir a responsabilidade nesse momento e dar ao clube o direito de por um sangue novo. Colocar alguém que venha e dê oportunidade a jogadores que não estão tendo oportunidade, dê uma mexida no ambiente, jogue para cima o astral… E que eles possam neste segundo semestre recuperar, estão jogando bem, mas ter uma sorte melhor quem sabe com outro profissional”, disse Cuca.

Comentários estão fechados.

n