Bruno Fuchs revela seu primeiro ato com a camisa do Galo

Contratado para fortalecer o sistema defensivo do alvinegro, Bruno Fuchs, em entrevista para a Galo TV, revelou qual foi seu primeiro ato, desde que foi contratado. Além disso, o jogador rasgou elogios ao clube e ao elenco do Atlético.

“A primeira coisa que eu fui procurar ver era como estava a Arena MRV. É a maior motivação para um jogador estrear um estádio, ainda mais um que é muito bonito. Muito feliz estar aqui, o clima é bom, ambiente bom e clube bom”, disse o jogador.

Fuchs chega ao Atlético para substituir Junior Alonso, que voltou ao Krasnodar, da Rússia. Bruno virá por empréstimo até dezembro de 2023, com a opção ao Atlético de compra dos direitos econômicos após o vínculo.

O jogador foi campeão Olímpico com a Seleção Brasileira, nas Olimpíadas de Tokyo, realizada em 2021 junto com Paulinho, outro reforço anunciado pelo Galo para 2023 e Guilherme Arana, lateral que já está há mais tempo no alvinegro.

Além de conhecer os jogadores citados, Bruno já trabalhou com o atual técnico do Atlético, Eduardo Coudet, quando estava no Internacional, além do diretor Rodrigo Caetano, que também estará no clube mineiro em 2023. O jogador pode ganhar ainda outro parceiro de Internacional, caso as negociações pelo meia Edenilson se concretizem.

O Galo ainda busca três peças que quer contar para 2023, outro zagueiro, um lateral direito e um meia. O alvinegro tem conversas encaminhadas com Igor Gomes e com Edenilson, mas não fecharam um acordo ainda para ter os jogadores. Na lateral direita, a opção era Gilberto, do Benfica, mas as negociações não avançaram e o clube terá de buscar uma reposição para a saída de Guga, ao Fluminense.

Na zaga vários nomes foram especulados, mas apenas a negociação com Fuchs se encaminhou. Além disso, o mercado de transferências apenas começou, mas o Atlético quer trazer seus reforços o quanto antes, já que terá a disputa da pré-libertadores já em fevereiro.

Comentários estão fechados.

n