Caixinha cita o Atlético após derrota do RB Bragantino e assunto FERVE na torcida

Embora o RB Bragantino tenha cedido em casa para o Atlético por 2 a 1, o técnico Pedro Caixinha não escondeu o seu orgulho pela equipe. Para o português, seus comandados travaram um bom duelo contra um dos três melhores planteis do Brasileirão, demonstrando grande competitividade no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Após o apito final, o lusitano não conteve os elogios ao Galo e ao seu treinador, Gabriel Milito. Em entrevista coletiva, ele exaltou a qualidade do time e reconheceu o desafio que representa enfrentá-lo.

“Temos que estar orgulhosos da forma como o time fez esse jogo, procurou lutar até o final contra um elenco, contra uma equipe, um treinador e um clube que, para mim, está decididamente no top 3 da estante do Brasileirão. Não é fácil”, disse Caixinha.

O empate em 1 a 1 com o RB Bragantino estendeu a invencibilidade do Atlético no Brasileirão. Com três vitórias e quatro empates em sete partidas, o Alvinegro somou 13 pontos e subiu para a sexta colocação na tabela, ultrapassando o próprio Massa Bruta, que agora é sétimo com 12 pontos.

A vitória do Atlético

O Atlético teve um primeiro tempo de sufoco contra o RB Bragantino, já que sob forte pressão, o time se viu sem ideias para sair de bola e abusou dos lançamentos longos. A equipe comandada por Milito até sofreu um gol em jogada ensaiada, mas não se abateu e, nos minutos finais da etapa inicial, aproveitou falhas na defesa do adversário para virar a partida.

Na segunda etapa, o Galo optou por uma postura mais cautelosa, priorizando a consistência defensiva para garantir o empate. Sem a bola na maior parte do tempo, o time se defendeu com eficiência e segurou o resultado.

Comentários estão fechados.

n