Capitão do Atlético-MG joga no ventilador problema no elenco

O capitão do Atlético-MG, Réver, em coletiva de imprensa nessa quarta-feira (31), falou sobre o momento que a equipe está vivendo. Segundo ele, tudo é uma questão de confiança, para tudo voltar ao normal.

“Eu acredito que aqui nem todo mundo deixou de acreditar, muito pelo contrário e também não desaprendeu a fazer o que mais sabe. Acredito que o maior problema que a gente vem encontrando é a questão psicológica. Então, é voltar um a passar essa confiança para o outro, até porque o treinador ganhou tudo no ano passado, conhece bem o que ele tem em mãos. É procurar executar da melhor maneira possível”, disse.

O camisa 4 ainda citou a falta de concentração, como algo determinante para o insucesso de 2022. “A gente sabe que manter o foco, a partir do momento que você conquista muitas coisas durante o ano, se torna pouco provável que você consiga manter esse nível de concentração. Ainda mais da maneira que foi, né? Nós estávamos um tempo em busca dessas conquistas e nós conseguimos de forma brilhante.”

Réver projeta final de Brasileirão

O “Capitão América” fez um balanço sobre a temporada e se manteve otimista pela classificação para a Copa Libertadores.

“A gente tá pagando caro por duas eliminações tão importantes na Copa do Brasil, Libertadores, e uma sequência de resultados ruins no Campeonato Brasileiro, que nos afastou um pouquinho do nosso maior objetivo, que era o título, e até mesmo ali do G-4. A gente tem aí 14 rodadas pela frente, onde vamos buscar uma sequência de vitórias, para que a gente possa estar ali no grupo seleto da Libertadores”, falou o capitão.

Comentários estão fechados.