CBF dá ao Galo o poder de rebaixar o Cruzeiro

O Galo, além de estar na briga por uma vaga direta na Copa Libertadores de 2024, pode ajudar a rebaixar o Cruzeiro. Isso porque, a equipe comandada por Felipão enfrenta o Bahia na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Bahia esse que irá brigar pelo rebaixamento com o Cruzeiro até o final da competição. Atualmente, a equipe de Rogério Ceni está com 39 pontos e é o primeiro time dentro do Z4, com a Raposa tendo dois pontos de frente.

Vale lembrar que o Cruzeiro volta a campo nessa segunda-feira (27). O time comandado pelo técnico interino Paulo Autuori enfrentará o Goiás, no estádio Hélio Pinheiro (Serrinha), ás 21h, pela 35° rodada do Campeonato Brasileiro.

Atacante do Cruzeiro crava não rebaixamento

Na opinião do atacante Bruno Rodrigues, o Cruzeiro não será rebaixado. Após o empate por 2 a 2 com o Vasco na última quarta-feira (22), pela 33ª rodada, ele assegurou que o destino do clube está selado, já que o grupo está unido e determinado a reverter a situação de risco no Campeonato Brasileiro.

“A gente tem que parar com isso, de achar que vai cair. Nós não vamos cair. Estamos jogando muito bem. O grupo está muito unido para sair dessa situação o mais rápido possível. Vamos reverter esse placar lá em Goiânia”, disse Bruno Rodrigues.

O atacante ainda destacou que um fator significativo no empate foi a ausência de torcedores nas arquibancadas. Em decorrência de uma punição do STJD, o clube será obrigado a disputar suas partidas com portões fechados até o final desse ano.

“É impressionante. Acho que se eles (torcedores) estivessem aí, o Cruzeiro tinha ganhado. Tenho certeza disso. Eles são muito importantes para a gente”, afirmou o jogador.

Comentários estão fechados.

n