Confirmado: Galo acerta a saída de atacante para o futebol australiano

O potente ataque do Galo com Hulk, Paulinho, Pavón, Diego Costa (em outros anos), Alan Kardec, e muitos jogadores de nome fizeram os treinadores barrarem as apostas. O Atlético, por exemplo, teve a oportunidade de subir a promessa das categorias de base, Rubens, para o meio-campo. As partidas passaram e Rubens se tornou lateral-esquerdo.

Outro renegado no Galo foi Fábio Gomes. O atacante que tem contrato até o término de 2025, mas completou somente 16 partidas com a camisa do Atlético Mineiro e marcou três gols. Aos 26 anos, Fábio acumula empréstimos por Vasco, Paços Ferreira, de Portugal e Juventude sem tamanha relevância. A nova alternativa da diretoria e jogador se tornou o futebol australiano.

Fábio Gomes, que estava emprestado ao Juventude, acaba de acertar com o Sydney FC até Junho de 2024. O Galo não recebe e nem pagará pela transação. O clube da Oceania é quem desembolsará o dinheiro equivalente aos salários do atacante.

Olho em 2024

O jornalista Marco Geves, do Canal Bica Galo, apurou que o Galo já planeja as contratações da próxima temporada com o objetivo de não falhar novamente. Os reforços de Eduardo Coudet, para além de Battaglia e Saravia, não atenderam às expectativas da diretoria. Sem contar a presença de outros atletas “experientes” dentro do elenco atleticano.

A diretoria, então, pensa em trabalhar com jovens que tenham a chance de oferecer retorno esportivo e financeiramente, como é o caso de Paulinho atualmente. O camisa 10, apesar de não ser a vontade do Galo vender, pode render bons frutos em um futuro próximo.

As notícias, por enquanto, não apontam uma mira do Galo já de olho em 2024 dentro de campo, fora, talvez. O dirigente Rodrigo Caetano dificilmente permanece no Atlético Mineiro por conta de um interesse do Presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, em ter o profissional na gestão.

Comentários estão fechados.

n