Confirmado quem será o técnico do Atlético e parte da torcida comemora

Nas redes sociais, surgiram alguns movimentos pedindo a saída do técnico Gabriel Milito. No entanto, dentro do Atlético, a diretoria considera que este não é o momento adequado para uma troca de treinador, conforme informou o jornalista Jorge Nicola à ’98 Esportes’.

O recente desempenho do Galo tem gerado preocupação entre os torcedores. O time ocupa a décima segunda colocação no Brasileirão e apresenta a terceira defesa mais vazada do campeonato.

Segundo Nicola, em suas conversas com fontes dentro do Atlético, a diretoria acredita que a queda de rendimento se deve principalmente ao elevado número de desfalques e à perda de intensidade da equipe. Eles estão aguardando o retorno de jogadores importantes e a integração dos reforços contratados na janela de meio de ano, com a expectativa de que isso ajude a equipe a recuperar o bom desempenho que foi visto no início do trabalho de Milito.

O sistema defensivo do Atlético

O Atlético não conseguiu defender adequadamente a entrada da sua área e sofreu três gols semelhantes na derrota por 3 a 0 contra o Botafogo, no último domingo (7), no Nilton Santos, Rio de Janeiro. Após o jogo, Milito explicou as falhas que resultaram na derrota do time na 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O “hermano” comentou diretamente sobre os três gols sofridos pelo Galo. A principal crítica é sobre a marcação na entrada da área.

“E recebemos castigos acima do normal. Temos que proteger mais a zona frontal, e melhor, porque muitos gols (surgiram) assim, diante de uma equipe com tanta qualidade, como hoje, contra o Flamengo. São coisas que falamos, mas também os jogadores têm esse poder de resolução que às vezes se tornam incontroláveis”, disse Milito.

Comentários estão fechados.

n