Confirmado: Rodrigo Caetano se antecipa e pode pagar R$ 100 milhões para levar craque ao Galo

De acordo com as informações fornecidas pelo diretor de futebol Rodrigo Caetano, o orçamento do Galo para contratações de jogadores situa-se na faixa de R$ 40 a R$ 50 milhões. Isso significa que o clube teria a capacidade de adquirir um jogador cujo custo total seja, por exemplo, R$ 100 milhões, desde que as parcelas referentes a este ano estejam dentro do montante previamente estabelecido no orçamento.

Os alvos para a próxima temporada, inclusive, já estão bem definidos, segundo o executivo, mas ele enfatizou a necessidade de cautela, destacando que essas negociações são mais complexas. Além disso, destacou a vontade de ter os reforços o quantos antes.

“Nossos alvos são muito bem definidos, creio que por serem jogadores de bom nível, é o que a gente entende. Sempre que contratamos pensamos dessa forma, atletas de bom nível, o que geram negociações mais difíceis, complexas. Então, a gente tem que ir com calma, com tempo. Não tem como prometer, adoraria que no dia 8 (de janeiro) já estivéssemos com todos, o Felipão também, mas muito provavelmente não vai ter isso”, disse Rodrigo Caetano.

Galo em ritmo lento

Até então, o Galo tem sido discreto no mercado de transferências, com a única movimentação oficial sendo a confirmação da saída do meia Hyoran, cujo contrato não será renovado, chegando ao fim no último dia do ano. Enquanto isso, o ex-zagueiro Réver encerrou sua carreira nos gramados e irá assumir uma nova função no clube em breve.

Nos últimos dois meses, o Atlético focou em renovar os contratos de alguns jogadores. Os zagueiros Bruno Fuchs e Mauricio Lemos, os laterais Guilherme Arana, Saravia e Mariano, além do volante Rodrigo Battaglia, ficam no clube por pelo menos mais um ano.

Comentários estão fechados.

n