Corinthians acha problema e ida de Fausto Vera para o Atlético pode melar

A novela entre Atlético, Corinthians e o volante Fausto Vera terá desenvolvimentos adicionais nesta semana. O processo, que se estendeu nas últimas semanas, enfrentou um impasse nos últimos dias e é vista como “complexa” nos bastidores.

O Galo estava negociando diretamente com o Argentinos Juniors para a contratação do meio-campista. A proposta envolvia assumir a dívida que os paulistas tem com o clube argentino, como parte do acordo para adquiri-lo, mas os “hermanos” não aceitaram a oferta e decidiram recuar das negociações.

Com o time da Argentina fora das tratativas, Atlético e Corinthians agora estão tentando encontrar um acordo para concretizar a transferência. Vale ressaltar que o Alvinegro e Fausto Vera já têm um entendimento para assinar um contrato válido por quatro anos.

O camisa 5 que retornou aos treinos na última sexta-feira (28), porém não foi relacionado para evitar que completasse o sétimo jogo pelo clube, o que o impediria de se transferir para outros times brasileiros. Nos bastidores, esta semana é vista como crucial para definir se o acordo será fechado ou não.

Fausto Vera abriu o jogo

Em uma entrevista ao UOL, Fausto Vera mencionou algumas razões que o levaram a considerar deixar o Corinthians. Ele afirmou que vinha sendo utilizado em posições que não favoreciam seu desempenho e não se sentia uma peça importante para o treinador do clube de São Paulo.

“Se eu tiver que ir embora, fico com essa sensação de não ter entendido o motivo de fazerem isso. Sempre tinha que me adaptar a posições que não é a minha principal. Sempre tento me adaptar, mas por que mudaram sempre se me conhecem como primeiro volante? Hoje eu não tenho minutos, não sou importante para o treinador e chegou uma proposta interessante para mim. Em comum acordo posso pensar na minha saída”, disse Fausto Vera.

Comentários estão fechados.

n