Coudet explica porque Guilherme Arana ainda não voltou para o Galo

O técnico Eduardo Coudet está adotando uma abordagem cuidadosa para lidar com a ansiedade do lateral-esquerdo Guilherme Arana no Galo. Após passar por uma lesão multiligamentar no joelho esquerdo em setembro do ano passado, o jogador está ansioso para estrear na temporada, agora que se recuperou completamente.

Quando questionado sobre a situação de Arana após a vitória contra o Athletico-PR, Coudet enfatizou a importância da cautela. O argentino expressou seu desejo de que o lateral participe de mais treinamentos de alta qualidade antes de ser incluído novamente na lista de relacionados para os jogos.

Com respeito ao Arana, já falei outra vez: sim, foi liberado do departamento médico. Por sorte, está trabalhando bem, mas temos que controlar a ansiedade dele e a nossa, porque estou tentando dar tempo para que quando volte, volte com segurança. É o que tentamos: que ele volte o mais perto do nível em que estava“, disse.

Vale lembrar que o incidente ocorreu durante uma partida contra o RB Bragantino, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Essa lesão o impediu de participar da Copa do Mundo no Catar, na qual ele era considerado um dos possíveis convocados para a Seleção Brasileira, comandada por Tite.

Coudet em estado de graça

Como já dito, o Atlético venceu o Furacão pela fase de grupos da Libertadores, e Coudet está finalmente vendo os resultados positivos de sua insistência na estratégia de jogo ofensivo. No passado, essa abordagem gerou questionamentos e críticas, mas agora o treinador destaca que os torcedores se sentem identificados com o estilo de jogo da equipe.

Após conquistar a segunda vitória consecutiva na Libertadores, o Alvinegro alcançou seis pontos no Grupo G, consolidando sua posição na briga por uma vaga nas oitavas de final. O resultado positivo fortalece a equipe e aumenta as chances de avançar na competição continental.

Comentários estão fechados.

n