Coudet revela estratégia inusitada para vencer o próximo jogo no Atlético-MG

O treinador Eduardo Coudet brincou ao sugerir uma estratégia para as próximas partidas do Atlético-MG. Ele propôs, de forma bem-humorada, “sequestrar” o goleiro adversário para impedir grandes atuações como a de João Paulo, do Santos, que fez cinco defesas no empate sem gols no último domingo (23), na Vila Belmiro.

Fizemos um grande primeiro tempo, mas no início falamos para não tomar riscos demais, porque os primeiros 15 minutos não podíamos tomar gol, como aconteceu. Tomamos mais cuidados, fomos mais cautelosos e, a partir daí, crescer no jogo – que foi o que aconteceu. No próximo jogo vamos sequestrar o goleiro [risos]“, disse

Além das intervenções de João Paulo, o Atlético teve que enfrentar duas grandes atuações de goleiros adversários em partidas recentes. Na estreia no Brasileiro, no dia 15 de abril, Léo Jardim, do Vasco, foi o destaque com nove defesas. No jogo da segunda rodada da Libertadores, que ocorreu na última terça-feira (18), Bento, arqueiro do Athletico-PR, foi eleito o melhor jogador da partida após realizar outras nove defesas.

Coudet também falou a respeito das finalizações da equipe nas últimas partidas. Ele destacou que o Atlético finalizou 65 vezes, mas conseguiu marcar apenas dois gols, o que reforça a importância de melhorar a efetividade do time.

Paulinho explica chance perdida

O atacante Paulinho vem sendo criticado por parte da torcida nas redes sociais devido ao seu desempenho em grandes oportunidades de gol. Durante o jogo contra o Santos, o camisa 10 perdeu mais uma excelente chance de marcar.

Em entrevista pós-jogo, ele se explicou, dizendo que a bola de Vargas veio muito forte, dificultando seu domínio. Ao fim, disse que irá continuar trabalhando para evitar futuros desperdícios.

Comentários estão fechados.

n