Craque brasileiro se despede do Barcelona e Galo precisa ficar de olho

Daniel Alves é um dos maiores jogadores brasileiros, extremamente habilidoso, o lateral conquistou títulos por onde passou e é o atleta com mais títulos na história do futebol. Mesmo com 39 anos, ele foi peça importante do Barcelona na última temporada, ajudando os Culés a conquistarem uma vaga na Champions League.

Apesar disso, o clube entendeu que era a hora de encerar sua segunda passagem pelo Camp Nou e optou por não renovar seu contrato. Buscando um lugar entre os 23 jogadores na lista de Tite para a Copa do Mundo no fim do ano, o lateral está livre no mercado e em busca de um clube para defender pelo menos até o fim do ano.

Rodrigo Caetano abre o jogo sobre situação financeira do Galo e sobre reforços

O Atlético-MG é uma das grandes potências do futebol brasileiro, além de um grande elenco, o clube é o atual campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Apesar disso, o alvinegro tem uma dívida de R$1,3 bilhão, uma das maiores do futebol brasileiro.

Por conta disso, o clube precisa ser criativo no mercado, em 2022 tirando o atacante Fábio Gomes, todos os atletas contratados pela diretoria foram jogadores que estavam livres no mercado e não exigiam um aporte financeiro do clube. Segundo o diretor Rodrigo Caetano, o clube não tem capacidade de fazer investimentos e que só irá ao mercado caso perca algum jogador:

“Pouco provável que haja investimento, não temos orçamento pra isso. Procuramos atingir o número desejado de vendas. Em caso de perda de alguém (titular), iremos buscar uma peça de reposição, até o momento não tivemos propostas oficiais.”

Comentários estão fechados.

n