Cruzeiro balança e pode perder melhor jogador do elenco

A situação do Cruzeiro anda conturbada dentro e fora das quatro linhas. Com fortes cobranças da torcida, Ronaldo Fenômeno já não tem mais o controle da situação e vê seu prestígio indo por água abaixo. Podendo piorar ainda mais o momento, a Raposa está prestes a perder um de seus principals jogadores da temporada nos próximos dias.

No programa “Os donos da Bola”, na TV Band Minas, exibido nesta terça-feira (12), o jornalista Thiago Fernandes afirmou que o Cruzeiro recebeu uma proposta do Dínamo Moscou, da Rússia, para comprar em definitivo o lateral-esquerdo Marlon. Segundo as informações, os valores giram em torno de 5 milhões de euros (cerca de R$ 26,5 milhões na cotação atual). O valor seria referente aos 100% dos direitos econômicos do atleta.

Com contrato válido junto ao Cruzeiro até o final de 2024, Marlon pode sair de Belo Horizonte em um piscar de olhos. Sobretudo, a janela de transferência para o futebol russo se encerra nesta quinta-feira (14). Dessa forma, a Raposa tem até amanhã para concretizar a venda de uma das suas principais peças na temporada.

A princípio, com as vestes da Celeste este ano, Marlon disputou 26 partidas e mostrou aos torcedores do Cruzeiro a sua constância e habilidade dentro das quatro linhas. Como resultado de suas façanhas, o jogador estufou as redes adversárias duas vezes e colaborou com duas assistências.

Vai sair do Cruzeiro?

Aos 26 anos, Marlon tem passagens interessantes dentro e fora do Brasil. Revelado com a camisa do Criciúma, o lateral teve passagens nacionais por Fluminense e Cruzeiro. No entanto, fora do país o defensor viajou a Portugal para defende ro Boavista. Posteriormente carimbou seu passaporte para a Turquia, por onde vestiu as camisas do Trabzonspor e Ankaragücü.

Com a ausência de um lateral-esquerdo com as funções de Marlon, o Cruzeiro tende a não aceitar a proposta russa. No entanto, o vencedor da Supertaça da Turquia pode ser valorizado nas próximas horas e a Celeste irá ponderar o futuro do atleta.

Comentários estão fechados.

n