Cuca desembarcou em BH para ser o novo técnico do Atlético-MG

No dia 23 de julho de 2022, o técnico Cuca era anunciado pelo Atlético-MG, após a demissão de Turco Mohamed. Ele voltava após deixar o clube no final de 2021, alegando problemas pessoais.

No entanto, essa última passagem pelo Galo não foi positiva, já que dirigiu a equipe em 21 jogos, conquistando sete vitórias, sete empates e sofrendo sete derrotas. Ele assumiu o time na primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro, contra o Internacional, quando o Alvinegro ocupava o quarto lugar com 32 pontos.

Pouco depois, foi eliminado pelo Palmeiras nas quartas de final da Copa Libertadores. Durante várias rodadas, a equipe se manteve na sétima colocação, sem demonstrar vigor ou futebol suficiente para avançar na tabela.

Cuca vem de polêmica no Athletico

Após ser alvo de críticas por parte de Mario Celso Petraglia, presidente do Athletico, Cuca decidiu se manifestar. Em uma nota, ele explicou sua postura durante o ocorrido no vestiário e anunciou sua decisão de renunciar ao cargo no Furacão após o empate com o Corinthians, na Ligga Arena.

O ex-treinador do Atlético-MG começou seu comunicado enfatizando a sacralidade do vestiário e explicou que sua intenção era preservar o grupo de jogadores. Veja um trecho:

“Vestiário é sagrado! Em décadas de futebol, aprendi que uma das funções de um comandante é proteger seu grupo de jogadores. Quando a temperatura está quente, meu papel é baixá-la. Precisei interferir nesse sentido. (…) Quando entramos na roda de oração pós-jogo, com todos desolados, não era hora de se buscar culpados. Tentaram! Me senti obrigado a assumir toda a responsabilidade e colocar meu cargo à disposição, como forma de resguardar o grupo”.

Comentários estão fechados.

n