Desfalques de peso podem AMEAÇAR estreia do Atlético na Libertadores

Na próxima quinta-feira (4), o Atlético Mineiro estreia na Conmebol Libertadores diante do Caracas, às 19h (Horário de Brasília), no Estádio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela. Além de jogar fora de casa, o time comandado por Gabriel Milito pode ter dois desfalques contra os venezuelanos. Trata-se do meia Rubens e do atacante Brahian Palacios, recém chegado ao clube.

No primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, o Atlético acabou cedendo o empate ao Cruzeiro por 2 a 2, mas não foi somente o resultado que gerou preocupação na diretoria alvinegra. Na ocasião, Rubens sofreu uma fratura na mão, enquanto Palacios teve constatada uma lesão na coxa. Avaliados constantemente pelo departamento médico, a dupla segue sendo dúvida para a estreia da Libertadores.

Potencializando ainda mais as dificuldades enfrentadas pelo elenco nos últimos jogos, o técnico Gabriel Milito não estará à disposição do Atlético-MG contra o Caracas. A medida tomada corresponde a uma punição da Conmebol, uma vez que treinador argentino foi expulso na temporada passada, pela Libertadores, quando ainda defendia o Argentinos Juniors.

Brasileiros na estreia da Libertadores

  • Millonaros x Flamengo – às 19h (Horário de Brasília), no El Campín Stadium – 02/04
  • The Strongest x Grêmio – às 21h (Horário de Brasília), no Hernando Siles Stadium – 02/04
  • Botafogo x Junior Barranquilla – às 19h (Horário de Brasília), no Nilton Santos – 03/04
  • San Lorenzo x Palmeiras – às 21h30 (Horário de Brasília), no Pedro Bidegain – 03/04
  • Alianza Lima x Fluminense – às 21h30 (Horário de Brasília), no Alejandro Villanueva – 03/04
  • Caracas x Atlético-MG – às 19h (Horário de Brasília), no Estádio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela – 04/04
  • Talleres x São Paulo – às 21h (Horário de Brasília), no Mario Alberto Kempes – 04/04

Comentários estão fechados.

n