Deu o papo: Milito rebate críticas e sai em defesa de Everson no Atlético

O goleiro Everson não conseguiu conter as lágrimas após o empate do Atlético por 1 a 1 contra o Fortaleza. Após o jogo deste último domingo (23), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jogador desabafou na zona mista da Arena MRV, mencionando a perseguição de parte da torcida como motivo de sua reação emocional.

Durante a entrevista coletiva, o técnico Gabriel Milito foi questionado sobre o incidente e saiu em defesa do camisa 22. O arqueiro que chegou ao Galo em 2020 e, desde então, nunca foi reserva, participando de todas as conquistas recentes do clube.

“Everson é um nosso goleiro titular, indiscutido. Tem todo meu apoio. Estou muito feliz com ele. Hoje fez um grande esforço para jogar, pois tinha uma infecção no dedo. Tem meu apoio e de todos os companheiros. É um goleiro muito bom. Entendo a situação. Poderiam ter feito o 2 a 0, mas ele apareceu e salvou a equipe. Falaremos para que ele siga tranquilo e que é um grande goleiro”, disse Milito.

Atlético volta a campo

O Atlético retorna aos gramados nessa quarta-feira (26) para enfrentar o Internacional pela 12° rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo contra a equipe de Eduardo Coudet está agendado para as 21h30 e acontecerá no Heriberto Hülse, em Criciúma.

Milito tem à disposição 19 opções no atual elenco profissional para formar a equipe titular contra o Colorado. Entre os jogadores de linha, são 16 alternativas disponíveis, mas nenhum lateral-esquerdo de ofício.

O Galo contará com o retorno do atacante Hulk, que esteve ausente no empate contra o Fortaleza para acompanhar o nascimento de sua filha Aisha nos Estados Unidos. Alguns garotos da base foram chamados para completar a lista de relacionados.

Comentários estão fechados.

n