Diretoria bate o martelo e toma decisão sobre o futuro de Pedrinho no Galo

A participação do Atlético na fase de grupos da Copa Libertadores da América não vem se desenhando da maneira como a Massa Atleticana gostaria, e a equipe acumula duas derrotas em dois jogos na competição. Na última terça-feira (18), o revés foi para o Athletico-PR, que vai em busca de sua segunda final consecutiva. No entanto, além do placar, o Galo perdeu uma importante peça.

O meia Pedrinho chegou ao Atlético ainda em 2022, por empréstimo, e sofreu grave lesão na derrota em 2 a 1 para o Furacão. O atleta saiu de muletas da Arena da Baixada, e diante de exames feitos na Cidade do Galo,o clube constatou ruptura completa do músculo e tendão do bíceps femoral. A notícia chegou negativamente ao técnico Eduardo Coudet, que vem utilizando o atleta em grande parte dos jogos.

Mesmo com a importante lesão e o empréstimo que se encerra em 30 de junho de 2023, o objetivo é que Pedrinho siga no time mineiro por mais um ano, como informou a Rádio Itatiaia. As conversas com o Shakthar, da Ucrânia, já estão avançadas e o acordo pode chegar com opção de compra após o novo período de empréstimo. Assim, ainda de acordo com a reportagem, os ucranianos estão de acordo.

Atlético sonda atletas do Departamento Médico

Ainda no ano anterior, em agosto, Pedrinho também sofreu grave lesão muscular na coxa direita e foi desfalque da equipe mineira pelo restante da temporada. Desta vez, era considerado peça chave ao time de Eduardo Coudet e deve ficar distante dos gramados por pelo menos três meses para garantir recuperação na fisioterapia.

O Atlético vem sofrendo com as ausências no Departamento Médico, entre Igor Rabello, Allan, Alan Kardec e Guilherme Arana. O retorno do centroavante e do lateral-esquerdo se torna essencial para longa agenda de jogos do Atlético.

Comentários estão fechados.

n