Diretoria do Atlético-MG está preocupada com a sua torcida

A torcida do Atlético-MG na Arena MRV tem recebido críticas por seu comportamento nos primeiros jogos. Embora seja conhecida por sua vibrante presença, alguns dos cantos tradicionais não têm sido entoados por parte dos torcedores nas arquibancadas.

O jornalista Breno Galante teve conversas com alguns dirigentes do Galo que compartilharam da mesma observação. Embora o preço dos ingressos possa ser uma justificativa, o comentarista Lélio Gustavo ressaltou que os custos nos registros de contas dos jogos não permitem uma margem de lucro substancial.

A ausência do característico “efeito caldeirão” no novo estádio tem sido um dos tópicos discutidos no programa O Tempo Sports, transmitido pela FM O Tempo 91,7. Confira uma análise detalhada no vídeo abaixo:

Torcida do Atlético-MG inicia movimento

Ontem, um conjunto de torcedores do Atlético-MG deu início a uma campanha nas mídias sociais, clamando por ingressos mais acessíveis para a torcida, a partir do próximo jogo na Arena MRV. Eles argumentam que os preços elevados afastaram a “povão” das arquibancadas, resultando em um menor apoio nas partidas.

A iniciativa para esse movimento foi concebida pelo torcedor João Barros, que faz parte da Bateria da organizada Galoucura. Ele nomeou essa ação como “Movimento Barateamento dos Ingressos” e deu início à campanha no antigo Twitter, atualmente conhecido como X.

Pensei nesse movimento para que o clube possa baratear os ingressos da Arena MRV, pela experiência que nós, das torcidas organizadas, temos com as arquibancadas. Nós temos total certeza do potencial que a torcida do Galo tem e isso não precisa ser provado pra ninguém. Sempre fomos referência nesse quesito“, disse João Barros.

Vale lembrar que o próximo jogo do Galo será diante do Cruzeiro. O clássico está marcado para o próximo dia 22, ás 16h.

Comentários estão fechados.

n