Diretoria do Galo se reúne com dirigentes de adversário na Libertadores

O Atlético enfrenta o Independiente Del Valle hoje (26) pela teceria rodada da fase de grupos do Grupo D da Copa Libertadores. O Galo é primeiro colocado com 7 pontos e tenta se recuperar de um empate em 1×1 com o América-MG em casa, na segunda rodada.

Rodrigo Caetano, diretor de futebol do Galo, se reuniu com o vice-presidente do Del Valle em um jantar realizado em Quito, na última segunda-feira (25), às vésperas dos confrontos entre as equipes pela Libertadores. O confronto é de extrema importância na competição, já que ambos clubes tem 7 pontos e o vencedor se isola na ponta do Grupo D. Em entrevista à Galo Tv, Caetano falou sobre o jantar:

“Importante estreitarmos a relação com todos os clubes da América do Sul, e o Independiente del Valle é mais um deles. Deixar a rivalidade estritamente para dentro de jogo, porque fora as relações devem se estender, cada vez mais com amizade e principalmente pregando o não à violência. Essa é a intenção que estamos aqui representando o Galo.”

Galo tenta quebrar tabu no Equador

Caso saia vitorioso hoje, o Alvinegro quebrará um tabu: o de nunca ter vencido nenhuma partida no Equador. São 3 jogos e 3 derrotas no país. O primeiro jogo do Galo em Quito foi em 1992, quando o clube enfrentou o Club Deportivo El Nacional, pela semifinal da Copa Conmebol e acabou derrotado por 1×0. O Atlético retornou ao Equador em 1997 para inaugurar o Estádio Casa Blanca, contra a LDU e acabou derrotado por 3×1. Em 2016 o Galo enfrentou o mesmo Del Valle pela Libertadores e acabou derrotado por 3×2.

Comentários estão fechados.

n