Eliminou o Galo duas vezes e agora está desempregado há meses

Em janeiro de 2020, o Atlético-MG anunciou a contratação do técnico Rafael Dudamel. O venezuelano chegou na grande onda de estrangeiros que vieram para o futebol brasileiro. Porém, o treinador decepcionou e ficou por pouco tempo no Galo.

Um dos grandes objetivos do Atlético naquela temporada era conquistar a Copa Sul-Americana. Então, na 1ª fase perdeu para o Unión Santa Fé, na partida de ida por 3 x 0, até conseguiu vencer por 2 x 0. Porém, não foi suficiente para seguir vivo na competição e o Galo foi eliminado do torneio.

Contudo, mesmo com uma eliminação muito dolorosa o venezuelano ficou no cargo. Entretanto, seis dias após a queda na Sul-Americana, o Atlético-MG teve outra decisão, agora, na Copa do Brasil. O Galo encarou o pequeno Afogados, após empatar no tempo regular, o time pernambucano venceu nos pênaltis e eliminou os grandes favoritos.

Com a segunda eliminação, Rafael Dudamel foi demitido do Galo com apenas 10 jogos e pouco mais de um mês no cargo. Então, em novembro de 2020 fechou com o Universidad de Chile, mas depois de sete meses também foi mandado embora da equipe chilena.

Último trabalho

No último trabalho do jogador, o treinador comandou o Deportivo de Cali, onde conquistou o Campeonato Colombiano de 2021, aliás, foi o primeiro título como técnico no profissional. Contudo, em julho deste ano, após a eliminação na Copa Sul-Americana para o Melgar, Rafael Dudamel acabou sendo mandado embora do time.

Desde a saída do clube colombiano, o treinador segue sem trabalhar quase cinco meses depois da demissão no Deportivo de Cali.

Comentários estão fechados.

n