Empresário cresce o olho e Galo vai ter que abrir os cofres por reforço

A torcida do Galo recebeu uma notícia bombástica nessa terça-feira (20). Segundo informações do perfil Fred Augusto, que cobre o clube diariamente, além do salário, o clube que quiser o lateral-direito Rodinei, terá de pagar uma fortuna por luvas.

“O time que tiver interesse na contratacao do Rodinei, terá que desembolsar um valor na casa de 5M de Reais de Luvas. Esse valor seria dividido em 12 meses, ou seja, no primeiro ano de contrato o clube que for contratar terá uma despesa mensal na casa de 800K”, publicou o perfil.

O jornalista Venê Casagrande já havia antecipado que o Atlético fez uma proposta oficial de três anos de contrato ao defensor do Flamengo. Na semana passada, o jornalista Eduardo Gabardo, do site GaúchaZH, havia dito que Rodinei iria pedir algo em torno de R$ 400 mil mensais para fechar com algum time. Com isso, seriam esse valor do salário mais R$ 400 mil de luvas mensais, totalizando os R$ 5 milhões no ano.

O certo é que só devemos ter uma decisão sobre o futuro de Rodinei após as finais que o Flamengo disputar, segundo seu próprio empresário. “Há três ou quatro meses avisamos ao Flamengo que o Rodinei iria procurar novos ares. Nada contra o Fla. E ele quer sair campeão. Depois de nossa decisão sair, houve muita procura no Brasil. Não abrimos negociação com ninguém. Depois de disputadas essas finais, vamos conversar”, disse.

Caetano desconversa

O diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano, em entrevista à Rádio 98FM, evitou falar na negociação. “Imagina o problema da gente falar que conversa (com o Rodinei)? Impossível falar sobre isso. O que eu posso falar é que o conheço bem, que o contratei da Ponte Prata para o Flamengo e quando fui para o Inter, o levei por empréstimo. Hoje acho que é consenso que é um dos grandes laterais do futebol brasileiro. É um menino bom, fico feliz pelo reconhecimento que ele está tendo”, disse o dirigente.

Comentários estão fechados.

n