Frango? Everson explica gol sofrido em jogo do Galo na Libertadores 2023

Na última terça-feira (23), o Estádio Mineirão foi palco de mais um grande confronto pela Copa Libertadores da América, já que o Galo recebeu o Athletico-PR, pela quarta rodada da fase de grupos. Antes do duelo, o Atlético-MG acumulava duas derrotas, para Libertad e para o próprio Furacão, e apenas uma vitória, contra Alianza Lima. Por isso, apenas a vitória importava ao time mineiro.

Mesmo que o Atlético tenha pontuando boas jogadas no ataque, demonstrando domínio sobre o jogo, quem saiu na frente foi o Furacão, com um gol de Alex Santana. O gol foi extremamente questionado pela torcida, principalmente pela reação de Everson, que acabou deixando a bola escapar, sem chances de recuperação, já que o adversário foi com bola e tudo para dentro das redes.

O goleiro, no entanto, explicou que a tentativa foi para amortecer a bola, mas o rebote favoreceu o Athletico-PR. “Acabei fazendo a defesa parcial no lance do gol, tentei amortecer a bola pra mim e depois o atacante foi feliz no rebote. (…) Que no próximo jogo eu possa dar minha contribuição como dei em outros jogos com a camisa do Atlético”, revelou o goleiro após a partida.

Everson revela contas na hora do gol

No entanto, com o gol, o Atlético iniciou uma trajetória de reação, e em pressão sobre o Athletico-PR, encontrou seu primeiro gol, com uma bola que rebateu na área e sobrou para Paulinho. A Massa incendiou o Mineirão e não deixou que o ritmo diminuísse. Logo, Igor Gomes cobrou uma falta de maneira surpreendente e destinou à Paulinho, que cabeceou para o fundo das redes.

“A gente sabia o quão importante eram esses três pontos, pra que a gente fizesse seis. Agora temos dois jogos fora, com a responsabilidade de vencer do mesmo jeito. Mas, vencendo o próximo jogo, quem sabe, com nove pontos, a última rodada a gente pode até depender de outros resultados pra que a gente possa buscar a classificação”, completa Everson.

Comentários estão fechados.

n