Gabriel Milito tomou atitude e direção do Atlético ficou muito pistola

Pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético empatou em 1 a 1 com o Fortaleza na Arena MRV. Com esse resultado, a equipe alcançou 14 pontos e ocupa atualmente a 10ª posição na tabela de classificação da competição.

O Galo não conquistou uma vitória nos últimos três jogos, o que está causando preocupação não apenas entre os torcedores, mas também na diretoria do clube. Há um crescente desconforto em relação ao desempenho de Gabriel Milito, pois os dirigentes acreditam que ele não está conseguindo otimizar o uso do elenco, especialmente diante das ausências de jogadores chave.

Essa situação levanta dúvidas sobre o futuro do argentino no Atlético. Segundo informações apuradas pelo ‘Bolavip Brasil‘, os diretores estão preocupados com o fato de o treinador estar improvisando alguns jogadores importantes do elenco, como é o caso de Gustavo Scarpa.

Gabriel Milito se justifica no Atlético

Alguns torcedores do Atlético e membros da imprensa que acompanham o clube continuam a questionar a decisão de Gabriel Milito de posicionar Scarpa no lado esquerdo do campo dentro de seu esquema tático. Em uma declaração no último domingo (23), o “hermano” sugeriu, de maneira indireta, que há uma lacuna no elenco ao explicar o papel do jogador.

“Eu sei disso. Eu sei. Se estivesse Arana, se estivesse Rubens… Agora, eu pergunto: quem joga pela esquerda? Porque vocês me perguntam por Scarpa na direita, a Massa me pede Scarpa na direita. Eu estou de acordo com eles e com vocês também! Gustavo faz diferença pela direita! Bem, aí estamos de acordo. Agora, jogamos com um jogador a menos para que Scarpa jogue ali. Quem joga pela esquerda?”, disse Gabriel Milito.

Comentários estão fechados.

n