Galo arrecadou quase R$ 20 milhões com estreia da Arena MRV

Foi divulgado o relatório financeiro do jogo entre Galo e Santos na inauguração da Arena MRV, com o clube obtendo um ganho de R$ 965 mil no primeiro encontro em sua nova casa, elevando sua receita líquida total para R$ 18,8 milhões ao longo deste ano. No próximo confronto no estádio, contra o Botafogo, o Atlético estará mais próximo de atingir a marca dos R$ 20 milhões em receita.

Bom ressaltar que durante a atual temporada, o Atlético participou de 24 partidas como mandante, acumulando uma receita bruta de R$ 35 milhões. Esse é o montante que serve como referência para a meta orçamentária estipulada em R$ 71 milhões, e assim, o clube atingiu 50% dessa meta, embora se antevê um desafio considerável em superá-la.

No entanto, o planejamento financeiro deste ano originalmente previa a presença da Arena MRV em jogos oficiais já em março, com uma estimativa de receita bruta de bilheteria de R$ 71 milhões. Devido ao atraso na realização desse cenário, o Atlético agora projeta fechar o ano com cerca de R$ 60 milhões brutos.

Projeção de faturamento com a Arena MRV

Em uma entrevista coletiva recente, o CEO do clube, Bruno Muzzi, havia delineado uma projeção de receitas provenientes da plena operação da Arena MRV. Ele estimou um total de até R$ 150 milhões vindos de diversas fontes, sendo que a bilheteria corresponderia a R$ 80 milhões dessa quantia.

A Arena hoje, só de bilheteria, eu prevejo para 2024 chegar a R$ 80 milhões. (…) Vamos falar de R$ 2,5 milhões (de renda por jogo), considerando lounge, camarote e torcida organizada. Vamos falar de 35 jogos ao ano, então, só aí você tem uma média de R$ 80 a R$ 85 milhões só de bilheteria“, disse Bruno Muzzi.

Comentários estão fechados.

n