Galo é surpreendido e Arena MRV chega até à Itália

O Galo conquistou o coração de muitos brasileiros, e sua influência se estende além das fronteiras nacionais, alcançando admiradores em todo o mundo. Massimo Scalabrini, um fervoroso torcedor da Inter de Milão, na Itália, é um verdadeiro apaixonado por futebol, e não apenas está familiarizado com a rica história do Alvinegro, mas também decidiu expressar sua devoção de maneira duradoura ao tatuar em sua pele a Arena MRV e homenagear o grande ídolo, Éder Aleixo.

O vínculo entre Massimo e o Atlético teve início por meio da figura icônica conhecida como “Bomba”. O ex-jogador também deixou sua marca na Seleção Brasileira, ganhando renome internacional, e em 1982, durante a Copa do Mundo na Espanha, ele brilhou, destacando ao mundo a grandiosidade do futebol brasileiro.

Apesar da derrota naquela Copa do Mundo, sendo eliminados nas quartas de final pela Itália, as realizações de Éder Aleixo e sua equipe podem ser caracterizadas como uma das melhores seleções de todos os tempos. Foi dessa forma que o jovem Massimo cresceu ouvindo histórias sobre a grandiosidade do ídolo do Galo.

“Eu queria tatuar (a foto do) Éder, porque na Itália ele é recordado sempre como um dos maiores jogadores da (Seleção) nacional mais forte de todos os tempos, que era a do Brasil de 82. A Itália conseguiu batê-la, mas na Itália não sabemos ainda como aconteceu, foi um evento único. Então, eu queria tatuar Éder, porque ele é um símbolo, uma bandeira do Galo”, disse Massimo Scalabrini.

Ídolo do Galo e Arena MRV eternizados

A paixão de Massimo pelo esporte e Éder Aleixo também o conectou profundamente com o futebol brasileiro. A Arena MRV, com seu projeto moderno, inovador e imponente, contribuiu para intensificar ainda mais sua admiração pelo Atlético.

Comentários estão fechados.

n