Galo promove campanha para salvar a vida de ídolo do clube

O Instituto Galo está mobilizando doações para apoiar Ubaldo Miranda, ex-atacante e ídolo do clube, e além disso, parte dos recursos arrecadados será destinada a Joaquim Kaduz, um jovem torcedor atleticano com uma síndrome rara que necessita de cadeiras de rodas. As contribuições podem ser feitas por meio de PIX, e também há a opção de adquirir itens raros do Alvinegro como forma de colaborar.

O ex-jogador encontra-se em necessidade de eletrodomésticos, móveis e um novo revestimento para sua residência em Belo Horizonte. Para aqueles que desejam contribuir, há a opção de adquirir diversos itens do Atlético, como camisas da estreia na Arena MRV, uniformes utilizados por Hulk e Paulinho na última vitória sobre o Palmeiras, blusas da Supercopa do Brasil do ano passado e bolas utilizadas no novo estádio, além do PIX para o Instituto Galo.

Ubaldo pelo Galo

Ubaldo honrou a camisa do Galo em 274 partidas, deixando sua marca com 135 gols, consolidando-se como o oitavo maior artilheiro da história do clube. Na sua frente está Guilherme, Said, Lucas, Guará, Mário de Castro, Dário e Reinaldo, nessa ordem.

Com seis títulos mineiros conquistados (1950, 52, 53, 54, 55 e 58), ele desempenhou papel fundamental na afirmação da hegemonia alvinegra nos anos 50. Além disso, é o segundo jogador com maior número de gols nos clássicos contra o Cruzeiro, tendo balançado as redes 16 vezes, ao lado de Reinaldo.

Consagrado como um herói nos clássicos, Ubaldo era capaz de marcar gols inacreditáveis, mostrando-se letal nas decisões do Campeonato Mineiro, como na histórica final de 1954. Naquela ocasião, o Atlético buscava ansiosamente o tão almejado tricampeonato (América, Cruzeiro e Villa já haviam conquistado), mas a terceira taça consecutiva escapou por pouco em seis oportunidades.

Comentários estão fechados.

n