Galo se prepara para enfrentar o Ceará na Série A 2022

Após sequência negativa no Campeonato Brasileiro, o Atlético já se prepara para enfrentar o Ceará, na próxima quarta-feira (15), às 19h na Arena Castelão, em Fortaleza. Os últimos três jogos do time não foram nada satisfatórios para os torcedores do Galo; empatou com o Palmeiras em 0 a 0, em São Paulo, foi derrotado por 5 a 3 para o Fluminense, no Rio de Janeiro, e empatou em 1 a 1, com o Santos, em casa.

Se a pressão sobre o trabalho de Turco Mohamed sempre foi evidente, agora as críticas vem se tornando cada vez mais conjuntas com o desejo de sua saída. Mesmo não conseguindo manter confiança com os torcedores, e lidando bem com os pedidos da saída do técnico, Turco Mohamed não concorda em ser avaliado no meio do ano, já que costuma fazer as contas no final.

Com o Galo, o treinador tem 70,58%, de aproveitamento, e já conquistou o Campeonato Mineiro e a Supercopa do Brasil; no entanto, dependendo do resultado da partida contra o Ceará, ou até mesmo na sequência, contra o Flamengo, seu destino poder ser mudado. Sem descanso, a equipe já treinou na manhã do domingo (12), buscando a recuperação dos resultados que surpreenderam negativamente.

Reforços para a partida contra o Ceará

O técnico segue com o problema de desfalques, desta vez, Allan e Jair estão suspensos, após acumulo de cartões amarelos. Contudo, Nathan Silva volta de suspensão, e deve atuar ao lado de Junior Alonso; Eduardo Vargas, se recuperando de lesão, voltou a treinar com a bola, na Cidade do Galo, mas ainda distante dos companheiros do clube.

O treinador ainda segue confiante na recuperação da equipe, e sabe que as falhas defensivas vem prejudicando a equipe. O desequilíbrio do time alvinegro também é algo evidente, principalmente pensando no ano memorável que o Atlético venceu em 2021.

“É normal quando os resultados não acontecem. Volto a repetir. Tenho muita experiência no futebol, estou tranquilo e preocupado pela situação, mas tranquilo, porque há gente muito positiva dentro do clube que quer reverter essa situação. Também me sinto em dívida com a gente que confia em mim, por isso estou preocupado, mas confio muito que vamos reverter essa situação”, concluiu.

Comentários estão fechados.

n