Hulk, do Atlético, admite mudança de ideia sobre o melhor futebol do Brasil

Na partida desta última quarta-feira (3), na Arena MRV, o Atlético enfrentou o Flamengo pela 14ª rodada do Brasileirão. Em um jogo marcado por vários desfalques, o time comandado por Gabriel Milito saiu derrotado por 4 a 2.

Com esse resultado, o Galo ampliou seu jejum de vitórias em casa e viu aumentar as marcas negativas nesta temporada. Após o jogo, o atacante Hulk, autor dos dois gols da equipe alvinegra na derrota, comentou sobre os desfalques que afetaram o time durante a partida.

Além disso, o camisa 7 falou sobre o trabalho de Gabriel Milito, comparando a importância das ausências no time. No duelo com o Flamengo, o Atlético teve oito desfalques.

“Se for pegar os primeiros jogos com o Milito, era falado do melhor futebol do Brasil. Mas ai veio os desfalques de jogadores, adaptação em funções que não são as deles, Copa América, lesões, é natural essa queda. Agora é levantar a cabeça, procurar trabalhar pois temos mais jogos pela frente, não dá pra se apegar e culpar os desfalques ou lesões. Temos que trabalhar em cima das dificuldades e entender o que podemos aproveitar de cada jogo”, disse Hulk.

O revés do Atlético

De maneira apática, especialmente na primeira etapa, o Atlético concedeu dois gols ao Flamengo em um intervalo de apenas dez minutos. Ao retornar para o segundo tempo, a defesa ainda permitiu que os visitantes ampliassem a vantagem.

Apesar de Hulk ter convertido um pênalti, dando uma breve esperança de reação, Rômulo acabou sendo expulso de forma desnecessária, deixando o time com um jogador a menos. Com essa desvantagem, o Galo viu a derrota se transformar em uma goleada, mas já nos minutos finais, o artilheiro conseguiu evitar um resultado ainda pior, fechando o placar em 4 a 2.

Comentários estão fechados.

n