Hulk faz pouco caso e detona seus companheiros no Atlético-MG

O atacante Hulk comentou sobre o resultado adverso do Atlético-MG e destacou que é fundamental que a bola chegue aos jogadores capazes de decidir. O Alvinegro empatou em casa com o Atlético-GO, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A igualdade deixa o Galo na décima posição, com 18 pontos em 12 jogos, e isso os mantém distantes do G6 neste estágio da competição. A Massa também expressou sua frustração, vaiando a equipe ao término do jogo.

“A gente tem que ser mais inteligente. A bola tem que chegar mais rápido a quem decide. Infelizmente, isso não está acontecendo, aí fica difícil. Muito chutão para frente. Está faltando inteligência; tem que ser mais inteligente. Quando a gente tem a bola, não pode ser passivo. Tem que rodar a bola rápido e fazê-la chegar ao ataque o mais rápido possível, fazê-la chegar aos caras que vão decidir o jogo. Decido jogos”, disse Hulk.

O empate entre Atlético-MG e Atlético-GO

O placar de 1 a 1 ao final do primeiro tempo foi modesto considerando as chances criadas pelas equipes, que alternaram o controle do jogo. O Atlético-GO começou mais forte e marcou aos dez minutos, aproveitando uma das falhas frequentes da defesa do Atlético-MG.

O gol foi marcado após Luiz Fernando receber um passe de Lucas Kal e finalizar por cima do goleiro Matheus Mendes em um lance inicialmente assinalado como impedimento pela arbitragem, mas confirmado após revisão do VAR. O Galo, aos 22 minutos, empatou com Paulinho.

Na segunda etapa, as equipes tiveram poucas oportunidades de criar chances. O Atlético-MG esteve mais próximo de marcar o segundo gol do que os visitantes, porém enfrentou dificuldades na finalização das jogadas.

Comentários estão fechados.

n