Igor Rabello faz besteira absurda e está fora do Atlético-MG; entenda!

Um momento curioso chamou a atenção nas arquibancadas do Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, na noite de ontem. Durante o primeiro tempo do jogo entre Botafogo e Atlético-MG, os torcedores da equipe da casa “ovacionaram” um jogador do time de Gabriel Milito que foi expulso aos 23 minutos.

O atleta em questão é Igor Rabello, que foi expulso após cometer uma falta como último homem, impedindo Luiz Henrique de avançar em direção ao gol. Curiosamente, logo após a expulsão, os torcedores do time carioca entoaram o nome do zagueiro nas arquibancadas.

“Nem reclamou. O Luiz Henrique é muito rápido. Ele tinha domínio, direção, distância próxima ao gol. A defesa não estava formada, e o Igor vai na perna de apoio dele (Luiz) para matar o lance. Quando fez a falta, o Igor já sabia que estava trocando um gol pela expulsão. Corretíssima a arbitragem”, disse Márcio Rezende de Freitas, comentarista de arbitragem da rádio Itatiaia.

O defensor que foi formado nas categorias de base do Botafogo, onde fez sua estreia profissional em 2015 e permaneceu no clube até 2018, quando foi transferido para o Galo. Em janeiro deste ano, ele completou cinco anos defendendo as cores preto e branca.

Atlético-MG indisciplinado

A cada rodada mais distante dos líderes do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG lidera um aspecto indesejável nesta edição da competição. Na derrota por 3 a 0 para o Botafogo, a equipe dirigida por Gabriel Milito se destacou pelo número de expulsões, liderando essa estatística entre os 20 times participantes.

O Galo chegou a marca de sete expulsões no campeonato, deixando o Atlético-GO para trás, com seis. Vasco, Athletico-PR, Vitória e Juventude vem logo atrás com quatro.

Comentários estão fechados.

n