Jornalista solta o verbo e acaba com o Atlético-MG: “Time comum”

Em um momento conturbado no Atlético-MG, o elenco se prepara para uma sequência importante nos próximos dias. A próxima partida será contra o rival interestadual Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, no Mineirão, já no domingo (19). Contudo, na quarta-feira (22), se enfrentam novamente na partida se ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

As equipes não estão no melhor momentos; o Atlético não vence há quatro partidas, empatou com o Palmeiras, em 0 a 0, foi derrotado pelo Fluminense, em uma goleada de 5 a 3, além de ter empatado com o Santos em 1 a 1, em casa, e com o Ceará em 0 a 0, em Fortaleza. O clube alvinegro está na 6ª posição da tabela, acumulando 18 pontos.

Torcida pede saída de Turco Mohamed

Com os resultados, as comparações com o elenco de 2021 são inevitáveis. Na ocasião, o Atlético conquistou três títulos; o Campeonato Mineiro, Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, além de ter sido eliminado invicto, na semifinal da Libertadores. Cuca, o treinador vencedor daquele ano, não quis dar continuidade ao trabalho quase impecável, e deixou a equipe ao fim da temporada.

O novo treinador, Turco Mohamed, foi o escolhido para atuar em 2022, e mesmo já tendo dois títulos no currículo; Supercopa e Campeonato Mineiro, não vem agradando a torcida. O grande pedido da torcida, é que o treinador deixe a equipe antes que uma eliminação precoce aconteça, desmotivando ainda mais o time. O jornalista André Rizek comentou sobre a situação geral do elenco:

“O Atlético foi um time ESPETACULAR no ano passado. Foi gradualmente perdendo o brilho em 2022. Até se parecer, hoje em dia, com um time comum”, comentou em seu Twitter.

O treinador explicou que as comparações não poderiam acontecer, principalmente pelo fato da equipe não ser mais a mesma, e precisar lidar com uma quantidade extensa de jogadores lesionados, que estão voltando agora como opção para campo.

Comentários estão fechados.

n