Jornalista traz quentinha sobre a chegada de craque uruguaio ao Galo

Nessa semana, surgiram boatos que o Galo estava monitorando a situação do atacante Mastriani, do América. No entanto, segundo informações de Fred Augusto, por meio do X (antigo Twitter), o clube não possui interesse no uruguaio.

Vale ressaltar que Mastriani foi o artilheiro da Copa Sul-Americana, mesmo com o América tendo sido eliminado nas quartas de final. É bom deixar claro que o gringo possui contrato com o Coelho até o final de 2025 e é avaliado em 900 mil euros, segundo o Transfermarkt.

Galo com responsabilidades

O presidente do Galo, Sérgio Coelho, e o CEO, Bruno Muzzi, realizaram uma entrevista coletiva na última terça-feira (14). No encontro, eles abordaram os primeiros passos da transição para a Sociedade Anônima de Futebol (SAF).

Bom lembrar que em novembro deste ano, o Atlético concluiu a transição para a SAF e recebeu o investimento da Galo Holding, que detém 75% da Sociedade Anônima. Durante a coletiva, Muzzi enfatizou que o novo clube-empresa será gerido com extrema cautela, tendo como principal objetivo a reestruturação do time.

“É uma SAF de reestruturação do Atlético. Precisamos ter uma folha de futebol controlada, com limites. Investimentos também. Não é uma SAF que o dinheiro chega para ser usado totalmente em contratações. Não é isso que irá acontecer entre 2024 e 2026. Mas o Atlético seguirá competitivo”, disse Bruno Muzzi.

O CEO também abordou as metas fundamentais da SAF do Galo para o ano que vem. Essas incluem a obtenção de um fluxo de caixa operacional positivo, a reestruturação do endividamento, a implementação do plano de otimização de custos, a maximização dos resultados provenientes da Arena MRV e a execução do novo planejamento estratégico, conhecido como Galo 2030.

Comentários estão fechados.

n