Lembra dessa? Galo já conseguiu virada histórica em cima do Athletico na Arena da Baixada

O Atlético completa 10 anos de sua primeira conquista da Libertadores em 2023, e deseja quebrar o jejum no ano de inauguração de sua própria casa, a Arena MRV. No entanto, não começou a trajetória na fase de grupos com o pé direito, derrotado pelo Libertad em 1 a 0 no Mineirão. O segundo desafio do Galo será o Athletico-PR, finalista do torneio continental em 2022, na Arena da Baixada.

No entanto, mesmo sendo uma grande decisão pelo Grupo G, o Atlético possui um passado satisfatório em relação ao adversário, principalmente sobre a Libertadores de 2000. O grande destaque da época foi o atacante Marques, que balançou as redes cinco vezes contra o Furacão, e foi peça essencial para a vaga do Galo às quartas de final. Eliminar o Athletico-PR em casa já era um saldo positivo.

Na época, no confronto de ida, o Atlético-MG venceu por 1 a 0 no Mineirão, enquanto na volta, Kelly e Luisinho Neto dificultaram a vida da equipe mineira, garantindo um placar que oferecia a classificação aos paranaenses. No entanto, aos 34 do segundo tempo, Marques conseguiu diminuir a vantagem e levar a partida para os pênaltis. A expectativa era grande, mas o Galo se superou.

Marques comenta desafios contra o Athletico

A equipe mineira não voltaria para Belo Horizonte sem a vitória, e foi perfeita nas cobranças, enquanto o meia Adriano Gabiru errou o pênalti. Para o Atlético, a vitória não é impossível, e diferente da primeira derrota contra o Libertad, contará com o atacante Hulk. Antes da estreia, Marques já citava as dificuldades para o jogo.

“Não será diferente desta vez. É um confronto que já virou tradição de equilíbrio aqui no país. Jogaram nos últimos anos também uma final de Copa do Brasil, com nova vantagem do Galo, mas podemos esperar dificuldades neste pela Libertadores, em casa e fora. O Athletic-PR tem uma torcida que também lota o estádio e faz pressão, por isso o Galo tem que fazer o dever de casa para levar vantagem neste grupo”, concluiu.

Comentários estão fechados.

n