Milito não se cala e fala tudo que pensa após vitória do Atlético

Superando 11 desfalques, o Atlético venceu o Internacional por 2 a 1, no Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Gabriel Milito destacou palavras como superação, valentia e fé para descrever a vitória, elogiando especialmente o brilho dos jogadores formados na base do clube.

O jogo estava se encaminhando para um empate até que, nos momentos finais, o atacante Hulk protagonizou uma bela jogada pela direita e cruzou precisamente para o zagueiro Rômulo, que cabeceou para marcar o gol da vitória. Anteriormente, o atacante Cadu foi quem marcou o primeiro tento da partida.

Além de testemunhar o time superar os desfalques, Milito destacou a resistência do Internacional. O treinador argentino já esperava um confronto acirrado e, por isso, valorizou bastante a vitória em Criciúma.

“Um jogo muito difícil, de visitante contra uma grande equipe. Viemos para fazer um grande jogo, tentar neutralizar o Inter e atacá-lo, sempre com a convicção de poder ganhar a partida. Sabendo que haviam momentos em que poderíamos ter o domínio, em outros o domínio seria deles”, disse Milito.

Após o resultado, o Galo alcançou 17 pontos e ocupa a nona posição na tabela. O próximo desafio será contra o Atlético-GO, marcado para esse domingo (30), às 11h, na Arena MRV, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Atlético tem mais ausências

O Atlético terá duas baixas importantes para o jogo contra o Dragão. O zagueiro Bruno Fuchs e o meio-campista Gustavo Scarpa não poderão jogar devido à suspensão, após terem recebido o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Internacional.

A lista de desfalques pode aumentar para três. O meia Zaracho saiu de campo aos 22 minutos do primeiro tempo do duelo com o time gaúcho após apresentar um problema físico e ainda é dúvida.

Comentários estão fechados.

n