Milito recebe ultimato e deve deixar o Atlético nas próximas horas

O Atlético está passando por uma fase incomum nesta temporada. Sob o comando do técnico Gabriel Milito, os jogadores inicialmente demonstraram um bom desempenho, mas a situação mudou drasticamente desde então.

O Galo não tem apresentado o mesmo futebol envolvente e ofensivo que mostrava no início da temporada, enfrentando dificuldades para conquistar pontos em seus jogos em casa, o que tem frustrado a Massa. Em resposta a essa situação, alguns torcedores organizaram nas redes sociais um protesto contra a diretoria do clube.

Além disso, os recentes resultados considerados “vexames” dentro da Arena MRV têm motivado os torcedores do Atlético. Primeiramente, a derrota por 4 a 0 para o Palmeiras, seguida pela derrota por 4 a 2 para o Flamengo, têm levado alguns torcedores a pedir a saída de Milito do comando técnico.

O duelo contra o São Paulo nessa quinta-feira (11), na Arena MRV, será definitiva para o ‘bom humor’ dos torcedores. A notícia boa é que o time terá alguns retornos importantes, como dos laterais Saravia e Guilherme Arana.

Milito com respaldo

Milito teve uma sequência invicta de 12 partidas logo após assumir o comando técnico do Galo, mas atualmente atravessa sua pior fase no clube, com apenas uma vitória em sete jogos. Apesar da pressão dos torcedores, a diretoria continua apoiando o trabalho do argentino, e o jornalista Massini discutiu sua permanência em um programa esportivo.

“Eu não tiraria. Espera vir os jogadores, o Atlético tem dinheiro, tem janela aberta (….). Ai, vem contusão e convocação, suspensão, contusão e convocação, manda o treinador embora, beleza. (…) E diante desse quadro, começar tudo de novo, para mim, é uma loucura, mantém o treinador, cobra, entende o que está acontecendo e faz a coisa mudar”, disse Massini.

Comentários estão fechados.

n