Neymar bate de frente e defende a Seleção Brasileira após empate

Após o empate da Seleção Brasileira contra a Costa Rica por 0 a 0 na estreia da Copa América, realizada nos Estados Unidos, Neymar, que assistiu ao jogo de um camarote no SoFi Stadium em Los Angeles, se pronunciou sobre a partida. O jogador expressou que sentiu angústia e teve calafrios ao assistir ao jogo.

“(…) E hoje eu vivi o lado torcedor, cheio de angústia, sentimento de que o gol iria sair, calafrio mas JAMAIS vou ultrapassar o limite fora do campo. Acabou o jogo, seguimos, bora treinar e melhora pro próximo jogo. Confio muito nesse grupo e sei bem que eles irão fazer o melhor possível por eles, pela família e por todos os torcedores brasileiros!”, escreveu Neymar.

O time comandado por Dorival Júnior está em segundo lugar no Grupo D, atrás da Colômbia, que venceu o Paraguai. Nessa sexta-feira (28), o Brasil volta a campo, para jogar contra os paraguaios no Allegiant Stadium, em Las Vegas.

O empate da Seleção Brasileira

A Seleção Brasileira teve várias oportunidades, mas não conseguiu marcar na estreia da Copa América – o tento de Marquinhos foi anulado no primeiro tempo. Houve domínio da posse de bola por parte da ‘Canarinho’, mas o adversário se defendeu bem e manteve o placar igualado.

Em várias ocasiões, a Costa Rica se posicionou defensivamente com nove jogadores atrás da linha da bola. Diante disso, o Brasil tentou avançar com passes longos, jogadas individuais e chutes de longa distância, porém faltou precisão nas finalizações.

No segundo tempo, a dinâmica do jogo permaneceu a mesma. A Seleção Brasileira continuou pressionando no ataque, enquanto o adversário se manteve na defensiva, e no final, o time de Dorival Júnior tentou desesperadamente marcar um gol, mas parecia que a bola se recusava a entrar.

Comentários estão fechados.

n