Novo reforço do Atlético recebeu duras CRÍTICAS do antigo treinador

Perto de ser oficializado como novo jogador do Atlético, o volante Fausto Vera foi descrito como ‘inimigo do grupo’ pelo técnico do Corinthians, António Oliveira. Este último respondeu às críticas feitas pelo jogador, que expressou sentir-se injustiçado pela falta de chances no clube.

“A melhor forma de conhecer as pessoas é quando as coisas não ocorrem como a gente quer. E nestes últimos dias temos conhecido os verdadeiros inimigos de um grupo. Existem algumas coisas que me preocupam nas pessoas. Nesse caso em específico, a falta da verdade. Prezo em minha equipe por jogadores que, além da qualidade técnica, sejam pessoas de caráter e comprometidas com o time”, disse António Oliveira.

Diferentemente do que afirmou Fausto Vera, o técnico destacou que todos os jogadores do elenco tiveram oportunidades. Ele enfatizou que aqueles mais comprometidos receberam mais chances, mesmo que não fossem os mais talentosos tecnicamente.

António Oliveira também mencionou que o jogador desrespeitou o grupo do Corinthians ao solicitar para não jogar o clássico contra o São Paulo, no dia 16 de junho. Se tivesse jogado, o argentino teria completado sete partidas pelo Brasileirão, o que o impediria de se transferir para outro clube.

Gasto do Atlético

O Atlético fez uma proposta ao time paulista para adquirir os 70% dos direitos econômicos de Fausto Vera por 4 milhões de dólares (aproximadamente R$ 22 milhões, na cotação atual). Com essa oferta, o Alvinegro superou o Boca Juniors, da Argentina, que tentou comprar 50% dos direitos do meio-campista por 2 milhões de dólares (cerca de R$ 11 milhões).

A vinda do “hermano” foi solicitada pelo técnico Gabriel Milito, que já havia trabalhado com o jogador no Argentinos Juniors. Ele deve ser anunciado nos próximos dias.

Comentários estão fechados.

n