Patrick está sendo achincalhado e passa por situação difícil na Série B

Com uma situação financeira complicada e algumas contratações que não deram certo, a diretoria do Santos está buscando negociar alguns jogadores para aliviar a folha salarial e recuperar o investimento feito. A maior decepção tem sido Patrick, ex-Atlético, cuja contratação está custando caro ao clube mensalmente sem corresponder às expectativas em campo.

Dessa maneira, Marcelo Teixeira, presidente do Peixe, já indicou que não deseja contar com o jogador de 31 anos, devido ao desempenho aquém do esperado em campo. O “Pantera Negra” está ciente de que seu ciclo na Vila Belmiro está chegando ao fim, mesmo que tenha passado pouco tempo no clube.

Nesse sentido, Patrick está consciente de que não continuará no Santos para a próxima temporada e aguarda o desfecho sobre seu futuro. A intenção do clube paulista é negociá-lo já nesta janela de transferência, que abre no dia 10 de julho.

Passagem de Patrick pelo Atlético

Patrick foi contratado pelo Atlético em janeiro do ano passado, a pedido do técnico argentino Eduardo Coudet. Durante aproximadamente um ano e meio, ele foi titular em apenas 15 jogos e entrou em campo em 48 dos 81 jogos disputados pelo clube nesse período, com duas assistências e um gol.

O jogador expressou que, devido à falta de oportunidades no Galo, percebeu que era o momento de sair do clube. Com a chegada de Felipão como técnico, ele voltou a ficar na reserva.

Patrick participou de apenas três jogos nesta temporada pelo Atlético e estava se recuperando de um edema na coxa esquerda quando negociava sua saída. Vale ressaltar que ele tinha contrato com o clube até dezembro do ano que vem.

Comentários estão fechados.

n