Presidente do Galo não medirá esforços para assinar com craque pro Atlético-MG

Sérgio Coelho, presidente do Atlético-MG, confirmou na última quarta-feira (31) que Rodrigo Caetano, diretor de futebol do clube, recebeu um convite da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Em entrevista a rádio Itatiaia, o mandatário assegurou que fará todo o possível para manter o executivo na equipe, mas não descartou a possibilidade de uma eventual saída.

“O Rodrigo Caetano foi convidado para ser diretor de seleções da CBF, ele não tomou nenhuma decisão ainda. Nosso desejo é que ele permaneça, não vamos medir esforços para que ele fique. Se ele achar que tem que ir, é impossível (a permanência). Envolve a vontade da pessoa, sonhou com isso a vida inteira. Estamos nos esforçando muito, vamos continuar para que ele permaneça, é o meu desejo, desejo do Galo, dos 4Rs”, disse Sérgio Coelho.

As declarações do presidente do Atlético-MG estão alinhadas com a posição de Rubens Menin, um dos investidores do clube. O empresário concedeu entrevista recente ao jornalista Breno Galante, e destacou que o dirigente é uma peça “fundamental” para o projeto esportivo do Alvinegro.

Negociações entre o diretor do Galo e a CBF

Na última segunda-feira (29), Rodrigo Caetano teve uma reunião com a CBF no Rio de Janeiro. Ednaldo Rodrigues, presidente da entidade, apresentou o projeto ao diretor do Galo e explicou que a função envolve o comando de toda a estrutura de seleções, abrangendo o futebol feminino e as categorias de base.

Segundo informações obtidas pela Itatiaia, Ednaldo Rodrigues optou por não avançar nas negociações nesta semana, uma vez que o Atlético-MG enfrentou o Cruzeiro ontem, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro. Mudar o foco para a possível saída de Caetano poderia prejudicar o ambiente do clube nos dias que antecederam o clássico.

Comentários estão fechados.

n