Reinaldo: Ídolo do Atlético-MG se manifesta sobre caso de racismo contra Vini Jr

Reinaldo, um dos maiores ídolos da história do Atlético-MG, manifestou seu total apoio a Vinícius Junior, diante do repugnante episódio de ofensas racistas sofridas durante partida do Real Madrid. No último domingo (21), o brasileiro foi alvo de insultos racistas por parte de torcedores do Valencia e o ex-jogador do Galo se posicionou contra esses atos discriminatórios e propôs uma ação conjunta dos jogadores em campo.

O maior artilheiro da história alvinegra deixou sua marca no clube durante sua trajetória entre 1973 e 1985, ao anotar impressionantes 255 gols. Além de suas proezas no campo, sua carreira foi notavelmente marcada por sua postura de resistência e engajamento social. Reinaldo utilizava sua influência como jogador para protestar contra a Ditadura Militar no Brasil, levantando o punho cerrado em comemoração aos gols.

Eu tô me sentindo frustrado, revoltado com o que estão fazendo com o Vinicius Junior. Não podemos ficar de braços cruzados diante do racismo. Vocês conhecem a minha luta. Faço um apelo a todos os atletas. Independente do clube que joga, independente da cor da pele, do partido político ou da nacionalidade. Comemore o gol com o punho cerrado. É uma demonstração do combate ao racismo. Vini Junior, tamo junto com você…”, disse.

Posição do Real Madrid

Nesta segunda-feira (22), o Real Madrid manifestou seu posicionamento contra o caso de racismo vivenciado por Vini Júnior. O clube espanhol tomou medidas firmes ao acionar a Procuradoria-Geral do Estado, buscando responsabilizar os agressores por seus atos de ódio e discriminação.

Posteriormente, o Real promoveu um encontro entre o presidente Florentino Pérez e Vinícius, visando oferecer apoio e solidariedade ao jogador. Durante a reunião, o mandatário expressou seu afeto e respaldo ao atleta, compartilhando detalhes sobre as medidas que estão sendo tomadas em sua defesa.

Comentários estão fechados.

n